terça-feira, 25 de agosto de 2009

Inertes


ensinei à água
que corre
contra a gravidade
o alfabeto das coisas inertes

esta tão leve
que
a luz não a toca

fica em suspensão
gotas elétricas
que buscam
a luz das estrelas

sempre é dia de se voltar para casa


Edson Bueno de Camargo


camargoeb@ig.com.br




2 comentários:

josé geraldo neres disse...

ensinei à água voltar para casa no alfabeto das estrelas

abraçada em Edson

27 de agosto de 2009 15:02
josé geraldo neres disse...

ou.

ensinei à água voltar para casa no alfabeto das estrelas

abraçada nos poemas de Edson

27 de agosto de 2009 15:09

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.