segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Segunda poética

por Rosana Banharoli

Conselheira de Literatura, no CMC de Santo André

rosana_banharoli@hotmail.com




Hoje apresento, Heloisa Galves que é aniversariante, mas vai


ficar claríssimo, após a leitura de seus poemas, que somos nós


os presenteados. Confiram!









Altares Alterados

Eu vivi quebrando regras,
Desde a infância e dos sacis
Que em meus cadernos
Tinham sempre duas pernas,

Pintava casas sem portas
Pra ninguém do bem sair
Ninguém do mal entrar
E profanar meu altar anímico
Com bonecos sem cabeça,
Insetos moribundos
O retrato da minha avó
E coisas de outros mundos

Das gaiolas, voei aves,
E a vida se aprumava
Na ponta do meu lápis...

Cresci e inda vivo
Destroçando normas
Invocando Deuses
Desfigurando formas...

E assim vento em popa-meu destino,
Cobre-se de diversão quando lamento
Chora de dor, quando rio...

E para iludir-me
Deito-me em umbrais
Posto que meus horizontes...
São sempre verticais. (premiada no Concurso Literário Campoesia/2009)






Hipogrifo

As formas, não me interessam mais!
Sou aquilo que você vê dentro do caleidoscópio.
Cones ovais, losangos destroçados.
Trapézios interceptados por círculos quadrados.
Espelhos quebrados...

Meu coração tem a porta de um poço...
Não abra jamais!

Dentro dele adormece um hipogrifo.
Cavalo com asas de águia, o grifo e a égua.
Trégua ou entrega, sem opção.
Sou eu a Senhora da Besta.
Quando te amei o feto brotou-me no coração.

Vem que ele esta por rebentar-me!
Vem cavalgar em nossa cria!
Vem criar o que sonhamos!
Quantos planos, quantos planos...
‘Inda é cedo, ouça a madrugada...
E as fadas, e as fadas!

Venha agora ou não venha nunca mais
Meu coração tem a porta de um poço
Não abra então, não mais...
Sem você será jazigo de um sonho.
Hipogrifo algum despertará jamais.
Voar...Sonhar, viver...Jamais! (premiada no Concurso Literário Talentos/2009)



Te navego como a um Rio

Te navego como a um rio
Minha língua; uma jangada
Não há porto nem parada
Deslizo por teu rosto,
misturando nossas águas

Tua boca uma cascata
Onde me atiro sem leme
E esse encontro faz tremer
Milhas e milhas abaixo.

Me encaixo
As horas de tempestade
Te fazem aos poucos riacho
Nele, línguas serpentes se acham.

Sem pressa me afogo
No afago dessa torrente
Quente

Teu pescoço uma ponte
Que percorro calmamente
Minha boca se dissolve
Em cada pegada molhada
Te beijo, te mordo, te aperto
Tentando engolir a explosão
Agora não!

Pelas ondas dos teus ombros, me assombro.
Incontroláveis gemidos caem como granizo
Gelando meu corpo inteiro
Mais!

No levante deste rio encontro enfim os teus seios
Tornados perfeitos
Me sugam, me destroem
Tonta, me entrego a eles
Os sugo, os destruo!
Língua, dentes, sussurros...
Sou deles

O tempo agora é ninguém
Mas tua Correnteza me leva
Além...

Na calmaria do teu ventre
Não sou mais eu
Estou ausente
Viro um ser de outro plano

Me embriago
Entre tuas pernas naufrago
Morta, me sinto mais viva...
Mordo, me sirvo, me salvo.
Te sinto, te sirvo, te caço
Te amo, te laço, te mato

Choro quando sinto teu gozo
Gozo quando ouço teu choro
Renasço...
E faço o caminho de volta
Sonhando com meu rio sinuoso
E seus inúmeros braços...


Heloisa Galves é criadora e proprietária da marca Alemdalenda. Começou como autora e ilustradora de livros infantis. Também escreve para adultos e seus contos estão atualmente em 5 coletâneas.É consultora editorial da Editora Gaia/Global. Em 2008 recebeu o “Prêmio Sesc Monteiro Lobato” de literatura infantil, no mesmo ano foi contemplada com um romance em forma de fábula autobiográfica de 400 páginas o prêmio "Cidade De Manaus" promovido por Aníbal Beça. Em 2009 foi premiada nos concursos de poesia; Campoesia e Talentos.
http://www2.manaus.am.gov.br/portal/secretarias/semc/Vencedor_e_Mencao_Honrosa_2008.pdf
Formada em comunicação social e visual; Faap/Mackenzie. Faz pós em letras.

www.alemdalenda.com.br

2 comentários:

Josilene Maria disse...

MARAVILHOSA!!!!

30 de outubro de 2009 10:17
Cris Dakinis disse...

Dispensa comentários! Só agora vi esta matéria aqui. Já conhecia alguns poemas e soube um pouco mais de minha querida Amiga escritora de quem sou muito fã :)
Cris

18 de janeiro de 2010 15:18

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.