segunda-feira, 21 de setembro de 2009

A morte, a partida, a saudade, a despedida... visões poéticas de Daise Assumpção, de Mauá (livros publicados) e Adilson Alchuy, de Santo André

ENTERRO


dia de finados

os fiéis

rampa abaixo

forçando os quadris

em estacada subida

o morto se infiltra

na missa

desloca o silêncio

de campainha litúrgica

com carro funerário

parentes descarregando-o

e uma coroa de flores

a mais barata, rateada

dá volta ao altar

posta-se na capela

e faz mais presente

a morte de Cristo

fecha-se a urna

uma última vez

na parte mais alta

do campo sagrado

patamares em nível

socializam covas

e parentes de outros

garimpam

placas com nomes

(que ele ainda não tem)

a mãe – a última

nariz e olhos imunes

(como os do morto)

ao cheiro e fumaça

dos pés do cruzeiro

derretendo-se em velas

ladeia as campas

onde jazem famílias

(de umas migraram

mortos e vivos:

já tem a cidade

cemitério privado)

antes do portão

desvia-se

viceja o caminho

gramado em ex-túmulos:

o muro comunitário

o retrato oval

pequeno amarelado

resto dos restos

do amor que a emprenhou

do filho



Deise Assumpção








a quem morrer primeiro...‏


diga ao bicha

do Ginsberg dando o rabo no céu

que não era preciso esgotar o sangue de Denver

nem injetar a noite na jugular das dançarinas

no palco inventado de todas as alucinações...

as mesmas que sa

patearam no capô do Ford verde

atravessando o Texas até a fronteira do México

movido pelo uísque, emoções, cheiro de tequila

e histórias mortas em trilhos de trens que já não trafegam

entre Oklaoma, Frisco, Acapulco e Guadalupe...

diga ao viado que há fantasmas na galeria em New Yortk

declamando poemas apaixonados por Neil Cassidy...

e que do inferno podemos ouvir do anjo Kerouac

os segredos da estrada do universo sem beiras/

no infinito de nossa loucura ultrapassada de puras eternidades...


Adilson Alchuy



1 comentários:

Anônimo disse...

ótimos poemas ....parabéns

21 de setembro de 2009 16:01

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.