quarta-feira, 29 de maio de 2013

AINDA OS CURTOS QUE TANTO CURTO!



AINDA OS CURTOS QUE TANTO CURTO!

Vamos continuar curtindo. Espero que você também curta!










Abraços poéticos e até +


9 comentários:

edweinels disse...

Pequenos diamantes da Poesia. Parabens, Geraldo, e obrigado por nos presentear com o seu talento. Abracos do amigo, Edweine.

29 de maio de 2013 20:51
geraldo trombin disse...

Obrigado pela força de sempre, amigão! Como você sempre diz: a luta continua... Vamos que vamos, abração!

29 de maio de 2013 22:03
geraldo trombin disse...

Mensagem da professora e amiga Maria Cecília:

Ótimas! Adorei a da pantufa e os calos! Abraço.
Ciça

29 de maio de 2013 22:16
geraldo trombin disse...

Mensagem da amiga Dra. Wilma Lúcia:

Geraldo , tive curto circuito com seus curtos quentes pela cor e conteúdo, parabéns , você é ótimo mesmo.
Wilma

29 de maio de 2013 22:17
Mariângela disse...

adorei! ah, vc sabe que sou sua "fã" !...beijos

29 de maio de 2013 22:28
geraldo trombin disse...

Hum... eu também sou seu, adoro seus textos... brigadinho e beijos...

30 de maio de 2013 00:22
Anônimo disse...

Quem pensa que brincar com as palavras é coisa fácil não imagina o trabalho que isso dá. Ainda bem que temos nosso poeta-Gera-bricalhão sempre exercitando nossos neurônios com sua genialidade. BRAVO!!!!

arNônimo

30 de maio de 2013 17:32
Anônimo disse...

Bom humor e ironia em doses mínimas. Poemas curtos e finíssimos, curtos mas em intensidade máxima. Parece fácil fazê-los. E é, para quem sabe.

Deva

31 de maio de 2013 10:36
geraldo trombin disse...

Obrigado arNônimo, Obrigado Deva! Cultuando e curtindo muito os curtos...

Bom contar com tantos amigos sempre por aqui... Vira festa!

31 de maio de 2013 23:30

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.