quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Arte, Luta e Sonhos

Coluna de Francisco Oliveira
Antes de mais nada, preciso agradecer pela grande oportunidade de fazer parte desse espaço. A arte é uma grande paixão em minha vida e lutar por ela é uma vontade que tenho desde sempre. O ContemporArtes vem me satisfazendo nesse sentido. É maravilhoso entrar em contato diariamente com novas produções, artistas e autores. Isso mostra que a bandeira da arte ainda pode tremular no mastro, mesmo em um país que não aceita suas bandeiras.
Dito isso, me apresento: Sou Francisco Guilherme Leon de Oliveira, me graduei em Geografia pela Fundação Santo André no ano de 2007. Porém, continuei freqüentando a faculdade na condição de aprendiz em lutas estudantis, mais especificamente na deposição do corrupto reitor Odair Bermelho.
Todavia, diferentemente de muitos estudantes profissionais mantidos por partidos dentro das Universidades, tratei de buscar minha própria fonte de renda; atuando como estagiário em Geografia no SEMASA (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) durante um ano e meio. Nesse período aprendi muito sobre a cidade onde vivo e sobre certos processos que ocorrem no interior dos órgãos políticos de um município.
Paralelamente ao meio universitário e profissional, comecei minha trajetória na arte em 2005 como ator do grupo Babo...seiras, ligado ao projeto EMIA (Escola Municipal de Iniciação Artística de Santo André). Em quatro anos de projeto, travei contato com as mais diferentes concepções de teatro, desde comédia a teatro experimental. Apesar de tanto tempo como ator, ainda não sei se possuo o talento necessário para seguir em frente nessa arte, talvez a mais nobre que o gênio humano já concebeu. Na verdade, tento usá-la como um complemento para aquilo que faço de melhor: literatura, principalmente poesia.
Nesse espaço tentarei falar de diversos temas que são, ao meu ver, pertinentes para os dias de hoje, como a questão do acesso á arte, da fome e de concepções de desenvolvimento intelectual das etnias. Esse último assunto vem me chamando atenção nos últimos tempos, não porque eu me simpatize por essas idéias mas porque elas vem recuperando espaço no pensamento atual.
Pois bem, gostaria de encerrar esse meu primeiro artigo com um poema de minha autoria: VONTADE. E também dedicar uma música à todos os que passaram e passarão por esse espaço: Wish You Were Here, do grupo de rock inglês PinK Floyd.
Um forte abraço a todos.

VONTADE

Vontade
de ser manso como um rio e nada querer,
a não ser um amplo espaço para deslizar.

Vontade
de ser livre como o vento e nada almejar,
a não ser um dia largo pra me arrastar.

Vontade
de ser turvo como um sonho e poder fluir
finalmente dentro de um coração sem verdades.

Vontade
de ser uma palavra no verso,
com um universo de indagações
e tantas belezas a oferecer.

http://www.youtube.com/watch?v=3DXCHa9BYfE
tradução em: http://letras.terra.com.br/pink-floyd/63065/traducao.html

Francisco Oliveira escreve às Quartas-Feiras no ContemporArtes
fran_geo2006@yahoo.com.br

8 comentários:

Julianérrima disse...

Parabéns Francisco!

Mta luz nessa nova empreitada!

Beijos
da amiga de cei

12 de agosto de 2009 16:27
Aline disse...

"Ser uma palavra no verso"
talvez o maior desejo,
muito bem-dito Francisco!

Beijos contemporâneos

A. Serzedello Vilaça

12 de agosto de 2009 18:09
umamentiraamais disse...

muito bom o poema, Francisco!
gostei mesmo.

abração!

enrique.andrés.

12 de agosto de 2009 18:28
Willian disse...

Hey Man!

Parabêns!

Desejo um bom desenvolvimento do trabalho nesse novo processo da sua vida!!!

" Vontade
de ser turvo como um sonho e poder fluir
finalmente dentro de um coração sem verdades."

* Divino!!!


Paz.

13 de agosto de 2009 04:09
Regina disse...

Parabéns Francisco!Adorei seu poema é obrigada pela música!!!
bjos
Regina

13 de agosto de 2009 11:19
Ana Dietrich disse...

parabéns francisco, bom contar com vc. no Contemporartes..................continue......... vc. tem mto potencial.

14 de agosto de 2009 13:12
Isabel disse...

Hey!!!
Nossa que llindo seu poema. Desejo-lhe que esse novo projeto te traga muitas outras novas oportunidades, por que a arte tem um caminho com muitas portas fechadas, mas continue na luta...
Você já é um sucesso!!!
bjs

Isabel

14 de agosto de 2009 22:28
Ana Veet Maya disse...

oi chicão! Parabéns !!!!! Também sou tua fã! ana veet maya

16 de agosto de 2009 15:45

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.