sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Coluna As Horas - Mude

" Mude, mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.
Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair,procure andar pelo outro lado da rua
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde
você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.
Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.

Clarice Lispcetor 



Com esse belo poema de Clarice Lispector me despeço do blog ContemporARTES, assim como o poema, estou numa fase de mudanças intensas e como toda mudança algumas coisas precisam ser deixadas de lado em prol de outras...
Vamos viver a vida, nada de ficarmos estáticos, afinal quem fica parado é árvore ou poste, nós somos dotados de duas pernas, que podem nos levar para onde bem entendermos...é como diz a canção de Oswaldo Montenegro "mudar dói, não mudar dó muito mais..." 

Salve Contemporâneos ! 
 Giliane S. de Moura.



1 comentários:

Rosana disse...

Salve Giuliane. Sou sua admiradora e como tal sou obrigada a desejar-lhe tuuuuudo de melhor em seu caminho, mesmo que sinta sua falta às sextas por aqui. Pode passar em casa, então.Beijoca

26 de fevereiro de 2010 17:12

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.