quarta-feira, 31 de março de 2010

Diversidade sexual e o pandemônio do Grande Irmão Global



Hoje acordei com a notícia que o lutador Marcelo Dourado era o novo campeão do Big Brother Brasil. Por que será que não fiquei surpresa? Por que a Globo puxou sardinha para ele em praticamente todas as edições do programa? Por que todo mundo sabia desde o início que ele seria o vencedor?
Essa edição do Big Brother espantou por diversos motivos. A presença de três pessoas, assumidamente homossexuais, foi algo inusitado para o jeito Globo de ser. Mas, o que poderia ser problematizado e até utilizado para a sensibilização da sociedade para o problema das minorias homossexuais no Brasil ajudou a deixar vir a tona preconceitos que "estavam escondidos dentro do armário" de nossa sociedade brasileira.
Formou-se uma torcida organizada a favor do jogador, torcida essa que se auto-intitulava "Máfia Dourada" e tinha um perfil altamente reacionário e conservador, expressando-se com inúmeros preconceitos em relação a homossexuais nos diversos sites e blogs que se referem ao programa global e assinando com o bordão "Força e honra" em uma retórica evidentemente de extrema direita. Lembramos em um passado nem tão distante Hitler aclamava multidões e era saudado pelo bordão "Sieg Heil" (Pela Vitória) ou "Heil Hitler".
Verdadeiras ações de agressão foram impetradas. O site da Organização Arco-Íris foi invadido por  dita torcida durante o paredão entre Dicesar, homossexual assumido, e Dourado. Os hackers da torcida picharam no site "Fora Di César".
Hoje - com a bolada de 1,5 milhão no bolso, o jogador veio se desculpar em público. Ele disse que "não havia percebido" que tinha se comportado como homofóbico. Uma desculpa para boi dormir, em várias edições do programa, outros jogadores fazem alusão que Dourado estaria querendo "limpar sua barra" ao conversar com Serginho.
O pior é que depois disso vem a "ameaça". Ele disse que "também poderia acusar as pessoas de preconceito quando disseram que tinham medo de ir a um show de rock". Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Uma coisa é a pessoa ter medo de ir a um show de rock porque não gosta de multidões, acha que pode ser assaltada ou até machucada durante performances de rockeiros como pulos de pessoas na platéia etc. Outra coisa é expressar claramente uma opinião homofóbica, dizer que a pessoa que é homossexual precisa "virar homem", ameaçar bater em mulher, coisas assim.
A pior delas, sem dúvida, foi expressar em escala nacional que a aids só é disseminada por homossexuais e que "heterossexual não pega aids". Campanhas e mais campanhas do Ministério da Saúde são colocadas água a baixo nesse momento. Um serviço de dessinformação ao público. O vírus HIV pode ser transmitido por sangue, sêmen, secreção vaginal e pelo leite materno. O Ministério Público se manifestou e pediu para a emissora esclarecer no horário do programa as formas de contágio do vírus HIV.
Acato todas as críticas de meus amigos intelectuais sobre o vazio de razão e massa crítica em relação ao BBB. No entanto, acho importante prestar atenção a um fenômeno da indústria cultural que o programa se tornou (veja a quantidade de sites, de notícias que saem sobre ele e os números de sua audiência) e os valores que anda disseminando, alimentando ânimos de grupos reacionários que sempre vivem à sombra de nossa tão ainda incipiente democracia. Prestar atenção é o mínimo que a sociedade civil tem que fazer.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS





Hacker pró-Dourado invadem e 'picham' site do Grupo Arco-Íris

EM MAIS uma demonstração de que o comportamento de Dourado, infelizmente, desperta a paixão e o apoio de grupos norteados pelo preconceito e a intolerância, hackers invadiram o site do grupo Arco-Íris na madrugada deste sábado, segundo relata a organização, em nota oficial.

Justiça determina que 'BBB 10' esclareça como se contrai o vírus HIV

Decisão foi motivada por declaração do participante Marcelo Dourado.
TV Globo vai acatar a decisão e transmitirá informe nesta segunda (29).

Opiniões de internauta sobre a suposta homofobia de Dourado e ao que chama de manipulação da Rede Globo em paredões

Algum tempo atrás li um livro de Nelson Rodrigues narrava a seleção Brasileira como a melhor do mundo e no entanto o povo não acreditava, não apoiava e estava sempre com a pulga atrás da orelha.


Hoje me sinto justamente ao contrário com a eliminação de Anamara vejo um povo acreditando num ídolo de barro, num capacho e numa manipuladora odiosa que ganha de uma pessoa com mil defeitos mas coberta de verdades, e vejo fanáticos achando que isso é o certo e até aplausos são dados.

Estou triste, como pode uma pessoas de barro virando ídolo e ainda arrancando aplausos?

Vejo um povo ludibriado com falas marcadas e direcionadas para o enganá-lo e eu me sentindo como um cachorro vira-latas, pensando que aconteça o que acontecer nesse jogo as pessoas do bem perderão e a nítida impressão que vai dar tudo errado e o bandido na história o homofóbico o arruceiro o que manda o gay calar a boca e fala que a família dele não gosta dele por ser gay vai ser o coroado com o prêmio .

Que mundo estou ??

Estou a observar tudo de forma errada?

Não ter fé em Deus é o certo?

O justo é ser injusto?

Parem o mundo que eu quero descer, não consigo seguir as massas que observam caráter em pessoas que me causam repulsa. Leia mais


Opinião  de internauta sobre a diferença clara entre as pesquisas de opinião realizadas por diversos sites e o resultado do paredão Ana Mara X Lia (aliada de Dourado) denunciando uma suposta "manipulação" de números da emissora Global.
Diante da FARSA e da clara MANIPULAÇÃO ocorrida no Reality-Show da Rede Globo de Televisão na data de ontem, 23/03/2010. Alguns aspectos merecem ser destacados com certa preocupação. Em primeiro lugar o Diretor do Programa ( Boninho ), argumentou que as enquetes realizadas pelas dezenas de sites sobre o Paredão nº 12 do programa BBB10, erraram e não tem peso algum. Pois bem, é estranho alguém que atua no ramo publicitário assumir publicamente uma declaração como esta. Pergunto aos senhores do que vive a publicidade senão de enquetes que buscam revelar por intermédio de amostragem os dados, por exemplo, dos índices de audiência de cada programa em cada emissora?

Será que a audiência da Rede Globo é medida em cada residência de cada cidadão deste país? E a boca de Urna das eleições? Como explicar que a própria rede globo, fazendo uso da boca de urna onde há, todo um pais votando, sempre deu o resultado antecipado do vencedor das urnas? Será que a emissora tem alguma mágica que computa cada voto de cada cidadão deste país, no momento de cada eleição? Em termos de argumentação cientifica, a enquête realizada por cada um dos sites é a mesma sem nenhuma diferença entre aquele %u201COFICIAL%u201D promovida pela emissora. Quem sai A ou B? É claro que o Diretor do programa BBB10, não vai assumir publicamente que para o programa e para os patrocinadores, assim como para a audiência, a presença de A em relação a B era a melhor. Entretanto, esta MANIPULAÇÃO tão DESCARADA que nega as próprias ferramentas cientificas que são frequentemente utilizadas por eles, deixa-nos um ALERTA sobre até onde a DEMOCRACIA neste país é valida? Até onde a vontade de muitos tem poder sobre os interesses capitalistas de poucos. Se alguém acha que isto é um exagero este alguém esta distante do contexto que uma ação capitalista como esta representa, principalmente quando praticada por uma gigante da mídia brasileira com é a REDE GLOBO. Estaria errado o LULA quando alerta sobre o poder de manipulação da mídia? E olhem que eu estou há anos luz de distancia de concordar com os pensamentos e frases deste presidente. E a rede globo, agora sim fazendo um paradoxo, qual a diferença entre a emissora e por exemplo, o CHAVISMO que ela combate na América do Sul? E por traz de tudo isto como fica o cidadão na sua individualidade e no seu direito de consumidor, aqui constitucionalmente garantido? A quem recorrer? Fica aqui o alerta da gravidade que uma simples BRINCADEIRA TELEVISIVA nos remete a pensar. Até onde vai o nosso direito como cidadão de participar e opinar neste país.











Ana Maria Dietrich, coordenadora do Contemporartes, escreve nessa revista às quartas-feiras, quinzenalmente.

4 comentários:

Filipe Batalha de Oliveira disse...

Dietrich, tenho que ser sincero com vc. Sou ciente dos erros do programa (BBB), acredito que haja manipulação de votos sim, que os participantes são "cartas marcadas" sim, e que o programa não deixa de ser uma espécie de "cala boca" para sociedade deixar de lado os verdadeiros problemas do país. + tenho que concordar e apoiar as observações sobre os absurdos que são ditos durante a exibição do reality show. A declaração de Dourado sobre o contágio do HIV, foi vergonhosa. Porém, venho assistindo o programa desde 2001, e sempre gostei da participação de Dourado, desde o BBB4.

31 de março de 2010 16:28
maisa disse...

Concordo plenamente que o programa foi MANIPULADO (pra não dizer as edições anteriores). No entanto, isso acontece em função da própria atenção que o telespectador dá ao caso, ou seja, a própria revolta da sociedade trás ibope...Se o Cadu, que era o favorito vencesse, isso não surpreenderia ninguém...Nesse sentido, acredito que no fundo o próprio Dourado seja vítima disso. Pessoas agiram em seu nome para fomentar a homofobia sem que ele tivesse dimensão total da situação. Em uma entrevista relacionada a isso, ele disse que poderia responder apenas pelos seus atos, portanto, acho que é isso que deve ser feito. Não devemos julgá-lo pelos atos dos outros. Ele deve sim responder apenas pelas suas atitudes.

31 de março de 2010 19:30
daniele disse...

Ana vc já ouviu falar que não somente a sexualidade fica no armário, mas também o preconceito? Vc acredita em uma espécie de preconceito camuflado? Socialmente ele é condenado, fica feio ser taxado de preconceituoso,mas quando somos, fica difil esconde-lo, ele acaba aflorando. Será que ao dizer que não percebia que estava sendo homofóbico (hahaha) ele não atentou para sua deplorável atitude? Apesar disso não corresponder que ele negue sua aversão, apenas a esconda em cadeia nacional. A sorte desse ilustre BBB é que estamos em uma país homofóbico que ainda não sabe o significado de respeito ao pŕoximo...

5 de abril de 2010 10:07
L. Rafael Nolli disse...

Muito bom o texto. Concordo contigo.

5 de abril de 2010 12:19

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.