sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

há flores em tudo que eu vejo


CANÇÃO: flores (1987)
Tony Bellotto / Sérgio Britto / Charles Gavin / Paulo Miklos
FOTOS: "flores do Brasil" (jan/2011)

Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro
Os punhos e os pulsos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo

A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem

Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro
Os punhos e os pulsos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo

A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem




DUDA WOYDA, ator, com experiências no Paraná e Rio de Janeiro, cidade com a qual mantem contatos profissionais. Integra a CIA Ateliê Voador e a CIA Teatro da Queda. Pesquisa questões relacionadas ao teatro físico e a sua relação entre dramaturgia corporal e teatralidade, priorizando a multidisciplinaridade.
dudawoyda@yahoo.com.br

2 comentários:

Ana Dietrich disse...

Maravilhosa a música dessa semana, ela me lembra tudo de intensidade, da metáfora entre flores e pulsos cortados, curiosamente, combinam, dado o que ambos despertam. "Há flores em tudo que vejo", não é que ele veja em cor-de-rosa, mas ele vê com ardor, com o coração, com a alma... lembra vc., meu caro. qto as fotos, lindas as cores, lindas as sombras...bjs

18 de fevereiro de 2011 15:11
Duda Woyda disse...

eeeiii.... acho que a primeira foto tem um pouco disso... laranja e aquelas outras menores, mais secas, na segunda um tom mais escuro e a beleza clara da última...
Beijos Grandes! Obrigado!

20 de fevereiro de 2011 16:45

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.