quinta-feira, 7 de abril de 2011

A FOTOGRAFIA CONCEITUAL DE KEVIN


O jovem fotógrafo norte-americano Kevin Van der Elst possui um extenso currículo e uma rica produção como ilustrador e publicitário. Seus trabalhos têm um estilo "clean", são elegantes e cerebrais. Sua originalidade está em usar criativamente objetos do cotidiano de forma inusitada, como na série "Eat me daily" elaborados com alimentos, porque como ele mesmo diz as prateleiras de supermercado são uma grande fonte de inspiração.


Para Kevin, suas obras são uma desmistificação do processo artístico e da idéia de que arte só pode ser feita por pessoas que estudaram para isso, quando, é apenas uma questão de quem conseguiu pensar naquele conceito primeiro, segundo ele.




Kevin nasceu em Elmira, Nova York e morou grande parte de sua vida na Pensilvânia. Obteve bacharelado em Psicologia pela Universidade de Cornell em 2002 e pós pela Universidade de Hartford, em 2005. Atualmente vive e trabalha em New Haven, Connecticut. Lecionou fotografia na Universidade de Hartford Art School, Middlesex Community College, e na Escola de Artes.




Seus trabalhos ilustraram o New York Times Magazine entre 2007 e 2011, e também as revistas Scientific American, Money Magazine, Wired e Time, entre outras. Atualmente dedica-se principalmente a seus projetos artísticos pessoais.

















Como depoimento pessoal de seu trabalho, Kevin diz que, "Minha arte é uma tentativa de conciliar o meu ambiente físico com os medos, fascínios, as curiosidades e devaneios que ocupam minha mente. As fotografias e construções consistem em artefatos comuns, materiais e cenas da vida cotidiana, os quais foram reorganizados e reagrupados em várias formas, padrões e ilustrações. Este trabalho sugere como criar ordem onde esperamos encontrar aleatoriedade, e também que as minúcias em torno de nós são capazes de comunicar idéias muito maiores."
                                                                    **********


Izabel Liviski é Fotógrafa e Mestre em Sociologia pela UFPR. Pesquisadora de História da Arte, Sociologia da Imagem e Antropologia Visual.  Escreve quinzenalmente às 5as feiras na Revista ContemporArtes.

2 comentários:

Marina Rosmaninho disse...

Muito legal! Parabéns!

7 de abril de 2011 11:11
discutindo educação e história disse...

Acompanho o seu trabalho e gosto muito! Bjs

7 de abril de 2011 19:06

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.