sábado, 18 de junho de 2011

II Encontro de São Lázaro.






Entre os dias 13 e 17 de junho ocorreu em Salvador na Bahia, o II encontro de São Lázaro. A Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, é conhecida como “São Lázaro”, pois seu campus se encontra próximo a Igreja de São Lázaro no bairro da Federação. Este evento atraiu pesquisadores renomados das mais variadas partes do mundo e do Brasil. O II Encontro propiciou um intercâmbio dos temas pesquisados nos cursos e programas de pós-graduação lotados no mais charmoso Campus da UFBA. Durante o encontro apresentei uma comunicação “Sacralização do espaço e o culto à personalidade de Stalin, durante o realismo socialista” e ministrei um minicurso “O uso de novas tecnologias para aquisição de fontes históricas”.

Uma das conferências mais interessantes foi proferida por István Mészáros. Durante as duas horas de conferência Mészáros apresentou a sua interpretação da atual crise do capitalismo. Para Mészáros a atual crise é uma crise estrutural, e não cíclica, portanto diferente das anteriores. O titulo de sua conferência foi “Crise estrutural necessita de mudança estrutural” ou seja, está explicito no enunciado que este pensador concebe esta crise com uma oportunidade de romper as estruturas que fundamentam o capitalismo, porém, ele reconhece que não é fácil realizar esta ruptura e por isso boa parte das suas palavras foram direcionadas para o dialogo com outros pensadores que também abordaram qual mecanismo seria o mais eficiente para realizar ações de confronto ao modelo de organização capitalista.
Abaixo segue a programação do encontro com informações colhidas da página FFCH-UFBA.
Fonte das informações abaixo: http://www.ffch.ufba.br/
No dia 13 de junho de 2011, aniversário de 70 anos da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, o Prof. István Mészáros proferiu a conferência "Crise estrutural necessita de mudança estrutural", abrindo o II Encontro de São Lázaro.
O Prof. Mészáros gentilmente nos autorizou a divulgar a tradução com a qual então oferecemos ao público presente uma versão em português do texto base de sua conferência.
Registramos a presença no Encontro de vários convidados, como Alberto Cupani, Ângela Santana do Amaral, Arley Ramos Moreno, Barbara Freitag, Chico de Oliveira, Claudia Mazzei Nogueira, Claudio Furtado, Cristiane Gottschalk, István Mészáros, Ivan Domingues, John Gledhill, Karin Alejandra Rosemblatt, Márcio Cataia, Marco Aurélio Nogueira, Maria Alice de Carvalho, Oswaldo Giacoia Júnior, Paulo Roberto Margutti Pinto, Ricardo Antunes, Sérgio Paulo Rouanet, Sidney Chalhoub e Zita Nunes.



Diogo Carvalho é Historiador pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente desenvolve mestrado pelo Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (UFBA), onde realiza pesquisas sobre o cinema soviético. Membro da Oficina de Cinema-História da Faculdade De Filosofia e Ciências Humanas (UFBA). Trabalha com os seguintes temas: cinema, culturas, História, cultural digital, política, humanidades e literatura beatnik. diogocarvalho_71@hotmail.com

1 comentários:

Ana Dietrich disse...

diogo meu caro, que bom vê-lo na ativa aí nas terras calientes da minha querida Salvador...mesmo nas "ondas da tecnologia" sinto falta de compartilhar momentos como esse. parabéns por tudo, continue. bj

19 de junho de 2011 00:37

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.