segunda-feira, 5 de novembro de 2012

POIZÉÉÉÉÉÉÉ!

 

ÀS VEZES, É ASSIM MESMO!


Abraços literários e até +.


11 comentários:

daufen bach. disse...

Parabéns Geraldo! Grande texto...grande poema!!!
Forte abraço!

5 de novembro de 2012 08:02
Blog do Piaia disse...

Poética e perspicaz observação. Sensacional, assim como o novo logo. Chique, heim!

5 de novembro de 2012 09:25
geraldo trombin disse...

Obrigado, Daufen e Piaia. Legal que gostaram... Piaia, o logo é muito antigo, mas vou começar a usar mais... a partir de agora!

5 de novembro de 2012 09:44
edweinels disse...

Grande Gera! Mais um show poetico. Parabens, amigo!

5 de novembro de 2012 10:47
geraldo trombin disse...

Valeu, amigão! Obrigado!

5 de novembro de 2012 11:22
Anônimo disse...

Um estilo diferente que deve ser explorado. Parabéns Gera e òtimas inspirações pra você, Arnônimo

5 de novembro de 2012 12:18
Anônimo disse...

A poesia salva! Até um Zé Ninguém. É preciso sorver goles de angústias às vezes para também escrever, não? Tudo é matéria, inclusive a líquida.
Gostei do poema embebido em álcool. Ou, como se diz agora, "Like", com o polegar apontado para cima.

Deva

5 de novembro de 2012 12:28
geraldo trombin disse...

Gracias, Arnônimo, estilo bem diferente mesmo, vou tentando diferenciar sempre (apareça)...

Pois é, Deva, Poesia é salva-vidas... inclusive tem salvo a minha...

Também "Like" a presença de todos vocês aqui... abraços

5 de novembro de 2012 14:03
POETA BASILIO disse...

- NESTE ESPAÇO COMENTÁRIO SE ME PERMITE COLOCAREI UMA POESIA DO MEU LIVRO ESTRADAS DAS POESIAS = LEVI BASILIO =
CHOREI

PARTIU SEM OLHAR-ME
MAGOOU-ME
SENTI O VAZIO
DO SEMPRE.
SUAS MÃOS
NÃO TOCAM-ME MAIS
LAGRIMAS EM MIM EXISTEM
CHOREI POESIAS.

BY = POETA BASILIO.

7 de novembro de 2012 11:43
Sônia Barros disse...

Geraldo, adorei o poema!
Parabéns e obrigada por partilhar.
Um abraço!

10 de novembro de 2012 17:25
geraldo trombin disse...

Obrigado, Sônia! :)

10 de novembro de 2012 20:48

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.