sábado, 26 de abril de 2014

ARTES PLÁSTICAS: A TRAJETÓRIA POÉTICA DE ISAURA ANTUNES




"Que isso possa agradar ao Senhor, Luz de todas as coisas. Mostre-me o caminho. Assim eu poderei pintar a luz merecidamente." (Versos encontrados num pedaço de papel no quarto de Leonardo da Vinci).



Comecei nas artes plásticas em 1975 quando me mudei de Porto Alegre. Fui motivada pelas leituras e admiração de obras de grandes pintores, como Tomie Ohtake e Portinari.  Meu primeiro quadro está na residência de uma amiga em Poa, era uma índia sentada tecendo....


Desde pequena vivia rabiscando cadernos de desenho. Tenho guardado desenhos num caderno de poesias ilustrado por mim. O que iniciou como um passatempo, depois se tornou um sério métier, quando comecei a ler e pesquisar arte. Hoje eu tenho desenvolvido o meu lado de teórico e também a práxis artística. 


A inspiração veio com o estudo das obras de Juarez Machado, Gauguin e claro, Tomie Ohtake... As figuras de Picasso abriram janelas no meu cérebro sobre o conceito da figura humana. O abstrato, tendência com o qual me identifico totalmente, tem muita referência de Ianelli, assim como do expressionismo abstrato de Pollock e até mesmo Kandinsky.


Desenvolvo meu trabalho em variadas técnicas como pastel em papel canson, óleo sobre tela em paisagem, e desenhar com lápis conté... Os nus que faço me dão imenso prazer em praticar a técnica, em desenhar a figura do ser humano. Meu propósito é viver só da arte. É onde tenho a maior realização ao criar minhas telas.


Acho que cada artista deve exprimir algo fundamental de sua época, aquilo que é próprio dessa época, além de expressar o que é próprio de sua pessoa. Faço um exercício no sentido por ser “humana” em um mundo cada vez mais desumano.


A arte é o espaço onde traduzo os meus sentimentos desolados ao perceber uma sociedade insana e muitas vezes incapaz de possuir sensibilidade ou de se solidarizar com o “outro”, Enfim, como disse o poeta, a vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.


Fiz três exposições individuais e várias coletivas, e hoje já tenho obras adquiridas por muitas pessoas que moram no exterior, como Alemanha, USA, Japão e França. Minha produção é intensa, e para este ano tenho encomendas de obras e convites para realizar novas exposições.


Devo muito aos meus mestres com quem tive um intenso aprendizado através de cursos e workshops, entre os quais os renomados artistas Edilson Viriato, Lelia Brown, Luiz Carlos Andrade e Lima, Lina Iara Otto.



"É na arte que o ser humano se ultrapassa definitivamente." (Simone de Beauvoir)




Sou Maria Isaura Barbosa Antunes, artista plástica e escritora, e resido atualmente em Curitiba.

1 comentários:

amanda ferreira disse...

gostaria de saber qual foi a inspiração e historia da arte dessa mulher que e todo vermelho.

cabisbaixa e nua

30 de setembro de 2015 17:48

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.