segunda-feira, 14 de julho de 2014

FLASHBACK LITERÁRIO VI


FLASHBACK LITERÁRIO VI

Direto da máquina do tempo: ano de 2005.

Tim-Tim! Borbulhe-se!


Abraços Literários e até +.


16 comentários:

Anônimo disse...

Poema merchandising. Eita Gera!!!!

Não deixa de ser imaginativo!!!!

ArNonimamente

14 de julho de 2014 13:00
Sônia Barros disse...

Geraldo, parabéns! Um abraço e o meu carinho!

14 de julho de 2014 15:30
geraldo trombin disse...

Obrigado, ArNonimamente. Obrigado, Sônia! :)

14 de julho de 2014 15:48
leila seleguini disse...

é um poema ele frisante!!!

14 de julho de 2014 17:09
geraldo trombin disse...

rsss verdade, Leila! Obrigado

14 de julho de 2014 17:23
Anônimo disse...

Que lindo Gera, fez-me lembrar o frizante de sábado, muito bom, parabéns poeta iluminado e inspirado!

14 de julho de 2014 17:33
geraldo trombin disse...

brigadinho, Maria! E vamos comemorando sempre!

14 de julho de 2014 17:38
geraldo trombin disse...

brigadinho, Maria! E vamos comemorando sempre!

14 de julho de 2014 17:39
dulce disse...

Hot and creative imagination!!!......

14 de julho de 2014 17:40
geraldo trombin disse...

rsss obrigado, Dulce! :)

14 de julho de 2014 17:40
cecilia disse...

Inebriante, Geraldo!

14 de julho de 2014 17:53
geraldo trombin disse...

Valeu, Cecilia! Obrigado!

14 de julho de 2014 18:23
edweinels disse...

Goles de maravilhosa Poesia. Parabens, Gera!!!

14 de julho de 2014 20:49
geraldo trombin disse...

Gracias, mano! Valeu!

14 de julho de 2014 21:16
Anônimo disse...

Poema on demand. Mais essa agora que você apronta. Almadén nunca foi lá um bom vinho; melhor mesmo foi ter servido para rimar com alma zen.

Deva

15 de julho de 2014 10:01
geraldo trombin disse...

até que deu bons frutos esse Almadén rsss... em todos os sentidos... Gracias... abraços

15 de julho de 2014 12:03

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.