sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Poema de Inquietação


Caros leitores,

Nesta sexta, a inspiração para escrever provém de uma reflexão sobre as ninfas. Tenho mergulhado em pensamentos mitológicos, em busca de condições para entender a beleza e a dor dos dias. As ninfas me representam o espetáculo da vida, a exaltação das possibilidades mais fortes e mais puras, mais verdadeiras e mais sonhadas do humano. Seria quase o mesmo que a exteriorização dos nossos anseios mais latentes e pulsantes. Pensá-las abre um caminho para ver algo além do passível de objetividade, além do concreto. Ninfas são a abstração da realidade, a recriação da vida com seus moldes de utopia, com seu vislumbramento de mudança. Se o homem é feito de sonhos, e deles dependem a entrega e as buscas, o poder da transformação está na experiência do imaginar mais alto que o palpável, no impulso para além do chão, o qual supera os limites, no alcance do infinito.

Adriano de Almeida.


 Poema de inquietação


Na noite calma,
fito seus olhos seguros...
Deixando-me assaltar,
invadir-me...



Permito seu sorriso cerrado,
sua face pálida...
Seus passos firmes...
Aceito seu suspiro inquieto.


Desconcerta-me sua voz penetrante,
como lâmina na pele.
Me fascina como um vício...
Perturbando meu equilíbrio.


Desejo seus traços perfeitos...
Excita-me seu brilho invasivo.
Ignorando meus conceitos...
Ultrapassando meus limites.


É amedrontador sua certeza,
insuportavelmente delicada...
Lábios e palavras,
monossilábicas...


Delírio ou verdade?
Loucura ou vontade?
A pureza das ninfas,
com a insanidade dos poetas...


Será sempre tal,
como um delírio...
Como um devaneio na noite,
repleta de insônia...




Adriano Almeida é pesquisador na área de cultura, imaginário e simbologia do espaço. Mineiro, tem se dedicado a escrever poemas, crônicas e contos. Seus escritos, de caráter introspectivo, retratam as incertezas, os conflitos, a melancolia e os encantos da existencialidade humana.



1 comentários:

Anônimo disse...

Perfeito poema!

3 de dezembro de 2012 16:40

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.