terça-feira, 9 de dezembro de 2014

3º Sarau Erótico no Museu de Santo André




Na última sexta-feira tive oportunidade de contribuir com a realização do 3º Sarau Erótico, no Museu de Santo André promovido pelo Núcleo de Prevenção DST/Aids de Santo André. 




O Sarau ocorreu das 18h as 21h, apesar do pouco tempo de evento e do trânsito caótico que entopem as vias artérias do Grande ABC, neste horário e principalmente as sextas feiras, contamos com um grande e colorido público. Fazia tempo que não via o Museu tão povoado assim! 

Ação Jovem. Foto: Ana Clara

Sarau Erótico. Foto: Ana Clara
Pessoas se deliciando com as poesias. Foto: Ana Clara
Ocupação poética no Museu de Santo André. Foto: Ana Clara.

Para quem não conhece "o Núcleo de Prevenção tem por finalidade elaborar, implementar e monitorar projetos de promoção, prevenção às DST/AIDS e proteção a saúde da população em geral com enfoque nos recortes: mulheres, adolescentes e jovens, e as populações de maior vulnerabilidade, como gays, Homens que fazem sexo com homens (HSH), travestis, profissionais do sexo, pessoas em situação de rua e usuários de drogas. As ações e projetos desenvolvidos visam, sobretudo, diminuir a vulnerabilidade às DST/AIDS. Facilitando o acesso da população a insulso de prevenção e o incentivo ao diagnóstico precoce ao HIV." 

Previna-se! Foto: Ana Clara


No espaço havia a exposição denominada O erótico do corpo "com a proposta de despertar um novo olhar sobre a sexualidade humana, compreendendo-a como expressão natural. As imagens propõem um olhar para dentro da diversidade das relações amorosas, aproximando o espectador de cenas que fazem referência a diferentes orientações sexuais como a homossexualidade feminina e masculina, outras identidades de gênero como a transexualidade, todas essas facetas da diversidade sexual, ocupam a mesma importância e naturalidade que a heterossexualidade na vida humana."

Calendário de 2015 com fotografias da exposição. Foto: Ana Clara.

Fiz a seleção sonora, com o foco central na sexualidade, de algumas faixas e artistas que criticam ou descontróem o machismo, a subjugação e objetificação da mulher (conscientemente ou não!) e de outros temas que as pessoas tem dificuldade de lidar, como homossexualismo, aborto e prostituição. 

A primeira remixagem foi recheda de funk pancadão, ocupando o espaço público com este som que hoje é considerado proibidão em muitas áreas periféricas do Rio de Janeiro e em São Paulo. Alguns artistas que compuseram a seleção foram: MC Dandara, MC Joana Dark, Putinhas Aborteiras, MC Mulato, MC Xuxú, MC Sabrina, MC Marcelly e Mc Martinho.



Pancadão nos alto falantes. Foto: Ana Clara





Após minha intervenção o microfone foi aberto para ser recitadas as poesias. 

Ocupação poética. Foto: Ana Clara

Depois teve o show bombástico do Ba Kimbuta & Makomba. 

Ba Kimbuta & Makomba.


Para finalizar, fiz remixagem de algumas rappers: Nega Gizza, Afronordestinas, Atitude Feminina, Atal, Karol Conká, Luana Hansen e Black Angel.






Que venham outras noites de ocupação cultural, educação sexual, diversidade e conscientização social!

Parabéns aos realizadores!!!




Soraia Oliveira Costa, mestranda em História da Ciência pela UFABC e graduada em Ciênciais Sociais pelo Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA). Trabalha com audiovisual e oralidades desde meados de 2007, quando começou a analisar  as transformações sensíveis, em especial o cenário urbano, a natureza, o trabalho, os transportes, o comportamento, a cultura, a arte...Diretora do documentário"Transformação sensível, neblina sobre trilhos", sobre a vila de Paranapiacaba, feito com incentivo do MEC/SESu pela UFABC e pelo Centro Universitário Santo André.

3 comentários:

Ana Dietrich disse...

Excelente Soraia, vc. é uma artista multifacetada.

9 de dezembro de 2014 16:04
Ana Dietrich disse...

Muito legal repensar o papel da mulher por meio dessas músicas.

9 de dezembro de 2014 16:09
Soraia Oliveira Costa disse...

Para existir em meio aos grilhões a resistência multifacetada é necessária.

Grata pelo apoio nesta jornada, Ana!

15 de dezembro de 2014 10:37

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.