sexta-feira, 16 de setembro de 2016

UNIBRASIL APRESENTA: EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA "OLHARES E VOZES DO CÁRCERE"

  
"Nos encontramos em uma unidade penal, cumprindo pena por diversos delitos, mas não é por isso que podemos dizer que neste lugar há bandidas e pessoas que só fazem o mal. Espero que eu consiga mostrar os diversos sentimentos que os olhares prisioneiros transparecem" (Nicoly¹ - “Olhos são Janelas da Alma", 2015) 

  
                                                                                                                         
No próximo dia 20 do mês de setembro, o UniBrasil Centro Universitário abrirá a recém-inaugurada “Sala Leituras do Brasil” para a Exposição "Olhares e Vozes do Cárcere". A exposição apresenta registros fotográficos realizados por um grupo de detentas do maior presídio do Paraná.


Tema: "Aonde os sonhos se perdem"

A mostra é resultado do trabalho realizado na Oficina de Fotografia ministrada em 2015 para detentas na PCEF (Presídio Central Estadual Feminino) em Piraquara, pelos professores Izabel Liviski e Cadu Silvério, como parte das atividades de extensão do Departamento de Educação da Universidade Federal do Paraná, coordenada pela professora Sonia Haracemiv (Projeto UFPR Unindo Talentos).


Tema: "O movimento dos cabelos sob as câmeras"

As detentas, ao final do curso, escolheram seus próprios temas e desenvolveram porfólios com textos explicativos sobre o processo de criação,  partes dos quais são mostrados na exposição, em versão reduzida, com 30 fotografias.


Tema: "Luz e Sombra"

Os Portfólios desenvolvidos por elas têm os seguintes títulos: "O Poder de Deus na Natureza", "Expressões através das Tatuagens", "Bocas", "Detalhes do meu Cotidiano", "Aonde os Sonhos se perdem", "Portraits, o que os olhos não veem por detrás das Grades", "Vivian Maier, uma Releitura", "Movimentos dos Cabelos sob as Lentes", "Luz e Sombra", "Olhos são Janelas da Alma".


Tema: "Bocas"

O objetivo principal do trabalho foi dar visibilidade e protagonismo aos olhares das detentas, que registraram seu cotidiano e o espaço prisional através de suas visões de mundo. A exposição realizada em formato itinerante, percorrerá as 23 unidades prisionais do estado do Paraná, além de já ter recebido convites para ser exposta fora do país.



Tema: "Portraits, o que os olhos não veem por detrás das grades"

Por deferência especial da UFPR, a exposição será exibida no UniBrasil no período de 20 a 29 de setembro, período em que a professora doutora Izabel Liviski ministrará, em diferentes horários, algumas palestras destinadas aos estudantes e professores do UniBrasil interessados no tema, em questões de gênero e funcionamento do sistema prisional paranaense.


(1) Nicoly é o pseudônimo de uma das estudantes, e o texto faz parte de seu Portfólio.

Fotos: Todas (acima) que ilustram a matéria, fazem parte do acervo fotográfico resultante da oficina e foram realizadas pelas detentas  participantes do projeto de extensão.

Texto: Assessoria de Comunicação do UniBrasil Centro Universitário.






Serviço:
Exposição:"Olhares e Vozes do Cárcere"
Local: Sala Leituras do Brasil (em frente ao Bloco 07).
Período:  20 a 29 de setembro.
UniBrasil Centro Universitário
R. Konrad Adenauer, 442
(41) 3361-4200
Curitiba-Paraná.



                                                           ***










2 comentários:

Francisco Cezar de Luca Pucci disse...

Izabel, como sempre, envolvida com arte e com inserção social. Trabalho magnífico. Parabéns pela iniciativa que, com certeza, despertou naquele terreno árido da prisão réstias de sol que vivificaram muitas almas.

16 de setembro de 2016 11:03
MARIA ISAURA ANTUNES disse...

Oi querida Bel!
Que bom que vou poder ver a exposição...parabens...sempre....se esstiveres por lá me avise.....te ligo...grande abraço

20 de setembro de 2016 20:07

Postar um comentário

Seja educado. Comentários de teor ofensivo serão deletados.